Nossa Comunidade

Pesquisar em nosso portal

Carregando...

Nossas notícias

Eduardo Bandeira, da chapa azul, é o novo presidente do Flamengo


Foto: Carlos Moraes / Agência O Dia
O Flamengo tem novo presidente. Com ampla vantagem, Eduardo Bandeira de Mello, da chapa azul se sagrou vencedor para comandar o clube no triênio de 2013 a 2015. No começo da campanha,  quando a Chapa Azul foi lançada, suas bandeiras eram um choque de gestão com executivos e empresários de diversas áreas, o candidato era Wallim Vasconcellos, ex-diretor do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

No entanto, a candidatura de Wallim foi impugnada, porque o candidato era sócio há menos de cincos anos, algo não permitido no estatudo, no dia 8 de novembro e nome de Eduardo foi escolhido.
A vitória de Eduardo Bandeira de Mello foi arrebatadora, com 1414 votos, contra 914 votos de Patrícia Amorim e 347 votos de Jorge Rodrigues, ou seja, teve mais votos que a soma de seus opositores.
A chapa Azul contou com apoio dos principais ídolos do Flamengo, Júnior e Zico. Com propostas para flexibilizar e descentralizar o poder, além de cobranças por mais transparências, Eduardo foi ganhando pouco com a pouco o apoio dos sócios rubro-negros.Na pesquisa de boca de urna, feita três horas antes do começo da eleição, a vitória da chapa azul já havia sido prevista. Eduardo liderava com 45%, seguido da atual presidente Patrícia Amorim, com 22,3%, e Jorge Rodrigues com 12,5%.
Antes de ser eleito, Eduardo Bandeira de Mello falou sobre os principais temas que vai enfrentar como presidente do Flamengo.


Resgate do Flamengo

Brigaremos por títulos. Voltaremos a ser campeões. Mas, para isso, precisaremos mudar a imagem do clube. Hoje, nenhum jogador quer jogar no Flamengo. Nenhum patrocinador quer patrocinar o Flamengo. Queremos entrar exatamente para trazer de volta a credibilidade financeira ao clube.

Projetos e metas

Me inteirar da situação financeira do Flamengo. Segundo o próprio contador do clube, os números disponíveis não têm a menor confiabilidade e certamente herdaremos uma posição bem desconfortável de compromissos vencidos, como salários e contas a pagar.

Sonho de consumo

Como venho falando, o futebol será gerido por um grupo de profissionais que ainda vamos divulgar, em caso de vitória no dia 3 (hoje). Portanto, ainda não posso antecipar qualquer nome ou planejamento sem antes formar este grupo.

Adriano

O Adriano precisa de ajuda. É um ídolo do Flamengo, campeão brasileiro e um jogador que poderia estar na seleção brasileira. Mas, nas condições atuais, não pode ser solução para qualquer time. Precisa se curar. E, se ganharmos, nós estaremos à disposição se quiser ajuda.

Marketing

O nosso VP de marketing, Luiz Eduardo Baptista (presidente da Sky), vai coordenar a execução de um plano de marketing, coisa que não existe no clube. Perdemos uma grande oportunidade de aumentar exponencialmente as receitas do Flamengo com a passagem do Ronaldinho Gaúcho. A diretoria não aproveitou. Com o nosso grupo, a torcida pode ter certeza de que devolveremos a saúde financeira do clube. Sobre a Adidas, desconheço os termos da proposta, por isso é difícil falar.

Dívida do Fla

O principal de tudo é não fazer mais dívidas. Além disso, teremos ninguém menos do que o professor Carlos Langoni, ex-presidente do Banco Central, que será o presidente do Comitê de Reestruturação da Dívida do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Bate papo "Tudo de Bom"