Nossa Comunidade

Pesquisar em nosso portal

Carregando...

Nossas notícias

Pista do BRT apresenta danos após 7 meses de funcionamento

 
Sete meses após ser inaugurado, o BRT Transoeste já apresenta problemas na pista, como buracos, lombadas e remendos. Durante a viagem, os passageiros sentem o desconforto. Em sete meses de operação, a pista lisa e marrom se transformou num corredor expresso cheio de remendos. Até o canteiro central foi destruído em alguns pontos.
Os passageiros não reclamam só dos buracos. Nos horários de maior movimento, a superlotação é grande. Os riscos também são visíveis às margens da pista expressa. Há trechos da ciclovia em que placas de sinalização atrapalham o percurso.
Segundo a prefeitura, 80 mil pessoas viajam no BRT diariamente entre a Barra da Tijuca e Santa Cruz. O tempo de percurso foi reduzido pela metade. A obra foi orçada em R$ 900 milhões.
De acordo com o engenheiro civil Antônio Eulálio, houve falhas no projeto da pista. Segundo ele, o asfalto pode ter sido prejudicado pelo sistema de drenagem. "Eles deram tratamento ao BRT como uma rua e não é. É uma pista de trafego intenso de grande desgaste e numa região de baixada, sujeita a inundação e ondulações, devido a acomodação do terreno ao longo do tempo”, destacou o engenheiro.
A prefeitura informou que já solicitou à empresa responsável pelas obras do BRT Transoeste que realize imediatamente os reparos necessários. Sobre os buracos perto da estação Mato Alto.
Nesta segunda-feira (7) homens da Prefeitura estavam fazendo serviços de reconstrução do asfalto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Bate papo "Tudo de Bom"