Nossa Comunidade

Pesquisar em nosso portal

Carregando...

Nossas notícias

Primeira “Vila da Melhor Idade”, que assentou idosos em Santa Cruz está sem manutenção nenhuma


Primeiro conjunto habitacional construído pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro para a terceira idade, que foi inaugurado no dia 9 de março de 2012, com a entrega de 30 casas. 
A Vila Residencial da Melhor Idade, no Conjunto Cesarão, em Santa Cruz, criada por iniciativa da Secretaria de Estado de Habitação, promovida pela Companhia Estadual de Habitação (Cehab), está em péssima situação de conservação. O empreendimento, voltado a pessoas com mais de 60 anos que recebem até dois salários mínimos, foi o pontapé de um projeto para atender a idosos que não têm assistência familiar. O Projeto tem causado indignação, pois o local sofre com falta de manutenção, que estão criando situações insalubres para os moradores, como mato alto, valão a céu aberto, propiciando a proliferação de roedores e mosquitos além da pouca iluminação.
Moradores da região relatam que apesar de o programa ter anunciado que as residencias  estariam foram todas ocupadas, tem sido observado casas vazias no local.
 

 “A gente sabe que a melhor idade é o momento da vida de uma pessoa em que ela mais precisa de cuidados e de qualidade de vida. E essa é que deveria ser a meta do projeto, pois além de cuidadores, os beneficiados teriam atividades de lazer e cuidados com saúde e alimentação”, mais não vemos isso acontecer na prática.
 Gostaria que as autoridades que estiveram na inauguração, o  presidente da Companhia Estadual de Habitação, Geraldo Machado; o defensor público João Henrique Vianna, coordenador do Núcleo Especial de Atendimento à Pessoa Idosa (Neao/ DPGE); o deputado federal e ex-secretário estadual de Habitação do Rio de Janeiro, Leonardo Picciani (PMDB-RJ), e o deputado estadual Thiago Pampolha (PSD), voltassem no lugar e digam se o programa está realmente funcionando como deveria.


As unidades habitacionais têm 49 metros quadrados, dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Cada casa será ocupada por dois idosos do mesmo sexo, todos sorteados pela Loterj após se inscreverem no cadastro da SEH. O conjunto de Santa Cruz conta com um Centro de Convivência de 192 metros quadrados equipado com refeitório, sala de estar, banheiros, cozinha, além de espaço para atividades de lazer com televisão, computadores, impressora, ar-condicionado e aparelhos de som.

As casas obedecem a parâmetros da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABTN), e estão adaptadas para atender as demandas de portadores de necessidades especiais. A largura das portas são maiores que as normais, para permitir a passagem de cadeira de rodas; barras de apoio foram instaladas em todas as áreas dos imóveis; rampas de acesso construídas para facilitar a locomoção; piso antiderrapante fixados nos banheiros, a fim de prevenir quedas, e a alavanca das janelas adaptadas para facilitar o manuseio.

Cada morador recebeu da Secretaria de Estado de Habitação um Termo de Permissão de Uso que lhes dará o direito de morar na unidade, não podendo alugar nem vender a casa – que não passarão para herdeiros. Ao ser desocupada, passará para outro idoso cadastrado na SEH.

Moradores receberam até enxoval

As 30 residências que compõem a Vila da Melhor Idade, em Santa Cruz, estão todas montadas. A sala de estar possui mesa de jantar com quatro cadeiras, duas poltronas e TV com rack. Os quartos estão equipados com cama e colchão, mesinha de cabeceira e um guarda-roupa cada. Na cozinha, geladeira, fogão e armário para louças. Os banheiros contam com piso antiderrapante, alças de apoio e ducha higiênica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Bate papo "Tudo de Bom"